terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Homeopatia e Aromaterapia - São antagônicos?


Aromaterapia e Homeopatia.

Resultado de imagem para homeopatia   VERSUS  Resultado de imagem para oleos essenciais
   
Homeopatia é baseada no princípio de ” Semelhante cura Semelhante ”. A ideia é que a substância que causa sintomas de uma patologia específica em uma pessoa saudável, pode curar a pessoa que está com uma patologia igual. Os medicamentos da homeopatia são diluídos de tal forma e de um modo bastante específico, que o que normalmente se manterá ( normalmente na água ), será a vibração essencial não a molécula desta substância. Esta ideia é bastante incompreensível, para médicos alopatas, que foram treinados para entender o química clássica.
A pergunta para quem usa ou irá usar óleos essenciais, é se estes afetam os tratamentos de homeopatia. Alguns médicos tem algumas ressalvas com alguns óleos essenciais se usados simultaneamente.
Segundo Terry Friedmann, MD, este aplicando aromaterapia e seus óleos essenciais  em tratamentos simultâneos com a homeopatia, por muitos anos, acredita que usando ambas as formas de tratamento, elas se dão suporte. Este pequeno artigo que estou escrevendo, tem como base a leitura no livro de David Stewart, Ph.D., D.N.M., ” The Chemistry of Essential Oils Made Simple ”, demonstra apenas uma pequena visão que eu acabei tomando como verdadeira e passando adiante por este pequeno artigo, sem a menor pretensão de ter a razão. Total e verdade única. Apenas está levando uma opinião minha, Sâmia Maluf.
Muitos praticantes da homeopatia, mantém a total restrição ( e por acreditarem ) que o uso de Hortelã Pimenta  ( Mentha piperita ) ou Mentha arvencis, bem como o óleo de Eucalipto Glóbulos ( Eucalyptus globulus) bem como do Alecrim ( Rosmarinus officinalis Qt Cânfora  ), bem como os florais tais como Rosa ( Rosa Damascena ), Camomila ( Chamaemelum nobile e Matricaria recutita ), entre outros tantos óleos essenciais florais, são ok de serem usados.
Na verdade, quem decidirá deverá ser você mesmo. E no que deve acreditar. Eu pessoalmente, sempre que estou tratando de algum cliente e ele, me fala sobre seu tratamento de homeopatia, deixo claro que não trabalho com a homeopatia, que conheço bem, mas não sou homeopata e que não estou indo contra ninguém, mas que ao decidir um tratamento que contenha algum óleo essencial que tenha restrições, SEMPRE recomendo que faça uso dos óleos essenciais ou sinergias antes do uso de medicações homeopáticas e antroposóficas. E depois use estas, após alguns 30 minutos do uso dos óleos essenciais.
Mas na verdade, fale com seu interior e baseado em leituras, como esta entre tantas outras, escute bem seu coração, e tome a decisão que você achar melhor, desde que entenda que o que você fizer, estará lhe levando a cura total de seus sintomas físicos, mentais, espirituais.
Boa tarde.
Fiquem com D’US

Nenhum comentário:

Postar um comentário