terça-feira, 5 de novembro de 2013

Sobre as novas diretrizes para produção de cosméticos com óleos essenciais que contenham um certo teor de Linalol

Você vê este composto listado na composição de alguns produtos, especialmente em produtos provenientes da União Europeia,  mas o que diabos é o linalol ? Linalol é um álcool monoterpênico, (também conhecido como 3,7- dimethylota -1 ,6 -dien -3- ol) encontrado em plantas da família das Lamiaceae (  ervas aromáticas, alecrim, lavanda ), Lauraceae (canela , pau-rosa ),  e da família Rutaceae ( frutas cítricas ) (Wikipedia) .Existem dois estereoisómeros de linalol licareol - ou (R ) - (- )- linalol,  que é encontrado  nos óleos de  louro,  néroli, bergamota, e manjericão. Ele tem um odor descrito como " amadeirado ou lavanda " (p. 171, tópicos selecionados na Química de Produtos Naturais , Raphael Ikan ). Coriandrol ou (S) - (+)- linalol é encontrado nos óleos de  coriandro, palmarosa , petitgrain , e tem um odor descrito como floral.
Linalol tem sido bem estudado no que diz respeito ao sono, a redução da ansiedade, e propriedades analgésicas. Um estudo ( Elisabetsky , 1995) constatou que houve " efeitos, dependentes da dose marcadas sedativas, incluindo ... aumento do tempo de sono e diminuição da locomoção espontânea em ratos. " (Manual de Óleos Essenciais,  p. 301) . Estudos descobriram que o linalol pode ter um efeito espasmolítico (relaxamento muscular) e efeito de redução da dor em ratos,  assim como um efeito anti -inflamatório ( p. 718, Medicina botânica na prática clínica e na página 301, Handbook of óleos essenciais ).  Um estudo realizado sobre o o stress em ratos verificou que " ( R) - (- ) - linalol, em inalação reprime efeitos induzidos pelo estresse sobre os perfis das duas células de sangue e a expressão do gene. " Em outras palavras, com cheiro ( R) - (- )- linalol reduziu a expressão do estresse em ratos. E estudos de injeção de linalol em ratos para reduzir a inflamação mostrou que pode ser eficaz (página 248, Manual de óleos essenciais ). Não é um dado que se algo funciona em ratos ou camundongos que vai funcionar em seres humanos, mas tem havido muito poucos  estudos em pessoas para estes efeitos, até o ponto onde eu me sinto confortável em dizer que há evidências que mostram que inalar um óleo essencial com linalol pode ajudar com o sono. 
Você vai ver linalol listado na lista de ingredientes nos produtos provenientes da União Européia (ou na América do Norte ), porque ele é considerado um alergeno de contato. O que para quem utiliza, como aromaterapeuta, sabe que não há esta ação. Quando é exposto ao oxigênio, ele pode se tornar  um produto oxidado, que pode provocar uma reação alérgica em " mais de 5% daqueles que foram submetidos a testes de patch ", e o autor suspeita que " cerca de 2% da população total da Suécia é alérgico ao linalol oxidado ". ( Curiosamente, o linalol não oxidado não provoca a mesma resposta !)
Por que é encontrado em 60 a 80% dos produtos perfumados  ? Devido ao seu aroma para a produção de fragrâncias. Tem um odor muito bom, e não é tão caro para adicionar  como um líquido de lavagem  de domo saniantes ou para produtos de corpo .Linalol foi mostrado  ser bom para matar os ácaros : É chamado um acaricida , que são " os pesticidas que matam os membros do grupo de Acari , que inclui carrapatos e ácaros ". "Como um pesticida, linalol é destinado para uso em ambientes fechados para controle de pragas ( pulgas e carrapatos ) em animais de estimação e os espaços que habitam, afetando o sistema nervoso do inseto . Linalol também é usado como um inibidor de mosquito ao ar livre ... " (a partir do folheto FDA) , embora haja alguma dúvida sobre sua eficácia para os mosquitos.
Eu não sei muito sobre a rotulagem para fins comerciais, mas verificar se você deve que incluir informações sobre linalol em seus produtos, mesmo que artesanais,e  bem como outros tipos de álcool, (terpenóides ), que estão listados como alergênicos nas novas diretrizes de produtos cosméticos e outras áreas de produção de produtos.

Na Aromaterapia, não temos registros até este momento de algum tipo de alergia por óleos que tenham um alto teor de LInalol.
Mas estou aleta para qualquer tipo de nova pesquisa sobre óleos essenciais.

Só para constar:

O linalol é um álcool monoterpênico, biossintetizado por inúmeras plantas e que possui um importante papel na polinização. É muito empregado com a finalidade de aromatizar produtos, como perfumes, sabonetes, cosméticos e produtos de limpeza, sendo uma matéria-prima expressiva para a perfumaria. O (-)-linalol é descrito como amadeirado, floral e refrescante, enquanto o (+)-enantiômero apresenta odor adocicado, cítrico e herbáceo. Faz parte da composição do CHANEL No 5, perfume eternizado pela atriz Marilyn Monroe.
Chanel
Tem propriedades repelentes à insetos, sendo empregado em algumas formulações para este fim. Também é empregado em rotas alternativas para a síntese das vitaminas A e E.
O linalol é o constituinte majoritário do óleo essencial de pau-rosa (Aniba rosaeodora Ducke var. amazonica Ducke, Lauraceae), árvore nativa da Amazônia. Para obtenção de 180 litros deste óleo, necessita-se de aproximadamente 15 a 20 toneladas de madeira. Em decorrência da exploração não sustentável do pau-rosa, se tornou uma espécie sob risco de extinção. Segundo o IBAMA, para a produção de um tambor de 180 litros de linalol seria necessário o replantio de 80 mudas desta árvore, o que dificilmente é realizado.
Planta
Aniba rosaeodora
Felizmente, a introdução de linalol sintético no mercado, assim como o emprego de novas fontes alternativas desta matéria-prima, ocasionou um declínio significativo da exploração descontrolada no Brasil.
É também de grande importância como precursor de fragrâncias.
Este é o caso do acetato de linalol, caracterizado por seu odor refrescante e adocicado, utilizado para contribuir com as notas de cabeça de vários perfumes.
Pode ser obtido por síntese parcial a partir de a ou b-pinenos, que sofrem reações consecutivas de hidrogenação, oxidação e rearranjo térmico, para dar o linalol (1).

Um bom dia, e até o próximo post.

Nenhum comentário:

Postar um comentário